Ogum

Dia: Terça-Feira
Data: 13 de junho
Metal: Ferro (mas todos os metais são de Ogum)
Cores: Verde ou Azul escuro (Brasil), Vermelho (África)
Símbolos: Bigorna, faca, pá, enxada e outras ferramentas
Elementos: Terra (florestas e estradas) e fogo
Pedra: Lápis-lazúli
Domínios: Guerra, progresso, conquista e metalurgia
Saudação: Ògún ieé!!

 

Origem e história

 

Ogum (Ògún) é o temível guerreiro, violento e implacável, deus do ferro, da metalurgia e da tecnologia; protetor dos ferreiros, agricultores, caçadores, carpinteiros, escultores, sapateiros, açougueiros, metalúrgicos, marceneiros, maquinistas, mecânicos, motoristas e de todos os profissionais que de alguma forma lidam com o ferro ou metais afins. Orixá conquistador, Ogum fez-se respeitar em toda a África negra por seu caráter devastador. Foras muitos os reinos que se curvavam diante do poder militar de Ogum.

Foi Ogum quem ensinou aos homens como forjar o ferro e o aço. Ele tem um molho de sete instrumentos de ferro: alavanca, machado, pá, enxada, picareta, espada e faca, com as quais ajuda o homem a vencer a natureza.

Características dos filhos de Ogún:
Fisicamente, os filhos de Ogún são magros, mas com músculos e formas bem definidas. Compartilham com Exu o gosto pelas festas e conversas que não acabam e gostam de brigas. Se não fizerem a sua própria briga, compram a de seus camaradas.

Sexualmente os filhos de Ogum são muito potentes; trocam constantemente de parceiros, pois possuem dificuldade de se fixar a pessoa ou lugar.